top of page

Caos - Potássio #13




Todos os dias me sirvo de banquetes variados de palavras que passam na mesa das refeições cerebrais como coquetéis gourmets em festas de novela.


O caos instaurado no dia a dia é o prato principal e tudo que o cerca é complemento pra essa belezura ficar ainda mais saborosa. Quantas vezes você evitou o caos diário? Em qual delas você percebeu que o caos é inevitável.


Eu tentei me chocar outras vezes com outros caos, mas entendi que alguns caos são tão particulares que não se encontra em qualquer chocar por aí. As vezes o choque tem baixíssima voltagem e acabamos não sentindo nada.


É que eu queria calar e você queria partir. Eu aprendi a partir sem voltar a falar.


A fumaça que sobe diariamente e enfeita a atmosfera da casa talvez seja a única coisa que me motiva a entender o que se passa por aqui. Confesso que a maioria das vezes não entendo. Fujo constantemente dos problemas adversos.


A última vez que um problema entrou na minha redoma, fiz questão de dormir até de manhã e entender que o problema ainda se escondia em casa. Ignorei, até o momento em que o problema foi embora sem ninguém notar, sem ninguém perceber. O que restou foi memórias e logo depois elas de foram. Que triste deve ser se sentir memória passageira?


Entendi que o caos projetado pra se viver é necessário e que toda ação e reação vem pra fazer com que entendamos que talvez, só talvez, consigamos não nós surpreender com os detalhes da vida. O caos diz sobre não controlar o que se acontece e perceber que estamos de mãos atadas pro que vem por aí. Tudo é possível.


Andei trezentos metros até entender que não era necessária a caminhada. Busquei paz em folhas velhas de um livro, pois disseram pra eu não esquecer minhas raízes. Entendi que todos que leram mesmo velho livro, falam de guerras e morte. Por sorte aprendi a escutar tudo e filtrar o que é bom e o que é ruim. Foram os mesmos que me ensinaram a ler o livro velho, que me ensinaram a filtrar. Nunca imaginei que eles não passariam pelo filtro.


Hoje acordei propositalmente as seis e pouca pra sentir o frio do dia, assim me acostumo com o frio das pessoas.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น

ได้รับ 0 เต็ม 5 ดาว
ยังไม่มีการให้คะแนน

ให้คะแนน
bottom of page