top of page

Celebrando a Diversidade e a Arte no Vale do Aço: Segundo Slam Básico Ipatinga




No coração pulsante de Ipatinga, Minas Gerais, a cena artística se agita em antecipação ao tão esperado Segundo Slam Básico, agendado para sexta-feira, dia 29 de março. O palco desse evento que promete ser memorável é o Espaço Híbridus Ponto de Cultura, localizado no último andar da Avenida 28 de Abril, 621, ao lado da icônica Igreja Católica, no centro da cidade.


Organizado pelo visionário produtor Kadosh Miranda, o Slam Básico representa um espaço de expressão livre, onde poesia e performance se entrelaçam em uma dança de palavras e emoções. "Estamos entusiasmados em proporcionar mais uma vez essa plataforma para que artistas locais e visitantes possam compartilhar suas histórias, suas paixões e suas vozes", declara Kadosh Miranda.



Kadosh Miranda


À frente da condução do evento, temos Évany Camila, a talentosa Slam Master, que traz consigo não apenas sua expertise na arte do slam, mas também um profundo compromisso com a inclusão e a diversidade. "O Slam Básico não é apenas uma competição de poesia, é um espaço de celebração da diversidade, onde cada voz é valorizada e ouvida", afirma Évany Camila.



Évany Camila


Para os não iniciados, o Slam é uma forma de competição de poesia onde os participantes recitam poesias autorais, geralmente sem acompanhamento musical, e são avaliados por um júri aleatório ou por votação do público. As regras são simples: cada participante tem um tempo determinado para sua performance, sendo penalizado por ultrapassá-lo. A originalidade, a emoção e a habilidade de cativar a plateia são aspectos fundamentais na avaliação dos competidores.


Além da competição, o evento contará com a participação de talentosos artistas convidados, incluindo pocket shows de Jaísa Caldas e Surya Sol. Jaísa Caldas, conhecida como "Madame do Réu", traz em sua performance uma fusão envolvente de poesia, música e narrativa pessoal, transportando o público para as profundezas das experiências das mulheres nordestinas.



Jaísa Caldas


Já Surya Sol traz consigo uma mensagem de resistência e empoderamento, desafiando o sistema transfóbico com sua arte e sua voz poderosa. Como ela mesma declara: "Chega de exclusão de corpas travestis!"


Surya Sol - Centro de Referência da Juventude - BH Foto @jenfsfotografia


Além disso, teremos a presença marcante da artista plástica Meli, cujo trabalho expressa a beleza e a complexidade do oculto, e a dança envolvente de Peligrosa 007, que traz toda a energia das quebradas do Bom Jardim para o palco.


Como se não bastasse, teremos a honra de receber a talentosa poeta Preta Lua, além do DJ Thiago Mota, diretamente de São Luís do Maranhão, que promete agitar a noite com seus ritmos envolventes.


Preta Lua


Para fazer parte dessa celebração da arte e da diversidade, basta trazer 1kg de alimento não perecível como entrada. O evento começa às 19h e promete uma noite de emoções intensas e talento inigualável. Venha fazer parte desse momento único no cenário cultural de Ipatinga!


Data do Evento:

  • Sexta-feira, 29 de março de 2024


Local:


  • Espaço Híbridus Ponto de Cultura

  • Avenida 28 de Abril, 621 - Último andar

  • Ao lado da Igreja Católica, Centro, Ipatinga, MG

"O Slam Básico é mais do que uma simples competição. É um espaço de liberdade e expressão, onde cada voz é uma peça valiosa do quebra-cabeça da arte e da diversidade." Disse Kadosh Miranda, produtor cultural do evento.


"Estou emocionada por liderar mais uma vez esse evento incrível. O Slam Básico é um lugar onde todos são bem-vindos para compartilhar suas histórias e suas verdades, sem medo e com muito amor." Citou Évany Camila, sobre o acolhimento de todos poetas que se queiram participar.


Venha fazer parte dessa celebração da arte e da diversidade!

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page